Loading

Remisson Aniceto

remisson8@yahoo.com.br

Súplica

Reza por mim, amor.

Reza por mim

e não serei um mero grão disperso,

e não serei um anel de Saturno

desgarrado, solto no espaço-tempo

da Eternidade.

Que aqui tudo é mistério,

tudo é descoberta,

há outro sentido,

outro conceito de Existência.

Aqui não há espera,

só a lembrança fugaz,

só a vaga imagem do teu rosto

na moldura do Infinito.

Não te deixei, amor,

roubaram-me de ti,

despejando-me no vácuo do tempo.

Reza por mim,

fumaça disforme ora diluída,

ora rejuntada,

assumindo formas várias e inúteis,

bailando aos dissabores

da inconsciência.

Reza por mim, amor.

Imagina-me como um lago

de águas puras, serenas,

e assim hei de ser

para saciar a minha sede

de ti.