Loading

Remisson Aniceto

remisson8@yahoo.com.br

Há um rio em minha vida

(Rio Piracicaba-Nova Era- MG)

Há um rio em minha vida,

um rio que passa calmo, lentamente, sem nenhuma pressa. Ele abraça as margens de mim, beija a terra da minha pele e me reverdece a paisagem da alma, passa os seus braços nas laterais do meu corpo, me abraça, desliza a sua língua d'água nos sulcos do meu rosto e do meu peito e me cicatriza as feridas.

Este mesmo rio que olha os saguis nos bambus das margens, os gaturanos, os curiós, os sabiás...

Um rio cujas águas deslizam murmurando o tempo inteiro uma deliciosa poesia.

Há um rio que insiste em mim, que persiste, que não desiste de mim. Um rio de alma infinda e corpo sinuoso, um rio que me levará para novas e encantadas eras, para luminosas paisagens perdidas que me esperam, que me chamam, que guardaram para mim um cantinho onde serei feliz. Os rios, todos eles, só passam uma vez, uma única vez, o seu percurso não se repete, mas este rio, o Piracicaba, este meu rio, ele me espera na sua formação original, ele me chama para me levar e para me desaguar no seu mar, para me desembocar no oceano onde a felicidade me espera, onde a felicidade espera por todos nós. Estou indo, rio. Para navegar no teu leito. Para que inundes o meu peito de alegria e contentamento. Para ficar contigo, para namorar as tuas margens, beijar o teu corpo, dormir no teu leito. Para ser teu. Me espera! Estou indo! Estou indo!