Loading

Remisson Aniceto

remisson8@yahoo.com.br

O Autor


Brasileiro, nascido em Nova Era (MG), pequena cidade vizinha da Itabira do Drummond, quando adolescente Remisson desejava conhecê-lo, porém, quando decidiu subir as montanhas que o separavam de Itabira, recebeu o famoso recado do poeta: "tinha uma pedra no meio do caminho".


Começou a escrever bem cedo por influência do seu pai que era alcoólatra, mas cujo vício ainda maior era a leitura. Apesar de pouco saber ler, seu pai não dispensava o que lhe chegasse às mãos, desde revistas e jornais velhos até bulas de remédio. Raramente ele ganhava um livro e quando isto acontecia era como se fosse premiado pela loteria. Ao ver as tantas expressões que se alternavam no rosto do pai quando este lia, pensou que aquilo devia ser bom e resolveu escrever, publicar e dar-lhe seu livro de presente.


 Entretanto, quando nasceu o primeiro livro, o vício pelo álcool já havia superado irremediavelmente no seu pai o amor pela leitura.


 Remisson escreve contos, crônicas, resenhas, artigos e poesias e seus textos são divulgados em rádios, jornais, revistas de educação e cultura, livros didáticos, etc.

É colunista do jornal europeu BOM DIA e do Jornal novaerense Fato e Ato, onde seus textos integram a programação da Rádio 87,9 FM Filhos da Terra. Participa de diversas interações literárias, de saraus de poesia e de projetos de incentivo à leitura e escrita.


 É autor em variadas coletâneas e também dos livros Poesia para o mundo (Bubok), Leva-me Contigo, a Senhora S & Outras Histórias - (Editora Penalux-2016) e Para uma Nova Era, Poesia & Prosa (Editora Patuá, 2019). Será lançado ainda em 2019 pela editora Coralina o infantil O Indiozinho que se Apagava.